Impostos

Que impostos se pagam quando se compra um carro?

2 min

Quer se trate de um carro novo ou adquirido em segunda mão, terá sempre de pagar o Imposto Único de Circulação (IUC). Este é um imposto anual obrigatório que deve ser liquidado pelo proprietário.

Para saber o valor a pagar, entre por exemplo no site impostosobreveiculos.info e encontre as tabelas do Imposto Único de Circulação para 2018 e 2019.

Além deste gasto, se vai comprar um carro novo também terá de pagar o Imposto Sobre Veículos (ISV), que incide sobre o registo da primeira matrícula. Este é um imposto pago uma única vez e que está incluído no preço total do automóvel.

Para simular o valor deste imposto em função do carro que quer comprar, entre no portal das finanças e escreva, na barra de pesquisa, ‘Simulador de ISV’.

Uma novidade é que estes dois impostos vão sofrer um aumento de 1,3% em linha com a inflação esperada para 2019. Há uma nova norma de medição das emissões dos automóveis, que penaliza carros a gasóleo, sobretudo os mais poluentes. Para que os aumentos não disparem, o Governo introduziu uma medida transitória que contempla descontos, no IUC e no ISV, no próximo ano. Estão previstas reduções entre os 5 e os 21%, aplicados às emissões de C02, no IUC, e entre os 5 e os 25% na componente ambiental do ISV. Na prática, quanto mais poluente é o carro, menor é o desconto.

Há mais um imposto a pagar se comprar um carro novo: o Imposto sobre o Valor Acrescentado. O IVA Incide sobre o preço base e também sobre o ISV e é pago no ato da compra.

Quem tem um carro, tem ainda de considerar outras despesas e obrigações com a manutenção do veículo, que incluem o seguro obrigatório de responsabilidade civil, a inspeção anual e o certificado de matrícula, para ter o carro em seu nome.