Poupar

Quer poupar em material escolar?

4 min

Prestes a arrancar o novo ano letivo, é altura de começar a fazer contas à vida. Além dos manuais e cadernos de atividades, ainda tem as listas infindáveis de materiais escolares que são exigidos todos os anos. Mas não desespere. Há formas de poupar neste regresso às aulas. Curioso? Leia este artigo.

Setembro é sinónimo de regresso às aulas e, para muitos, de ginástica orçamental. Além dos manuais escolares que são indispensáveis, existem muitos outros encargos associados às extensas listas de material escolar aos quais é difícil escapar. A boa notícia é que é possível poupar algum dinheiro no início do ano letivo e ainda ser amigo do ambiente. Um conselho transversal: quanto mais cedo ensinar os seus filhos a poupar e reutilizar, melhor para si e para a sua carteira.

Parece-lhe impossível? Conheças algumas estratégias.

Reutilize material escolar em bom estado

Quantas vezes comprou um estojo ou uma mochila nova, quando a do ano anterior ainda estava em bom estado? O mesmo acontece com tantos outros materiais, como lápis de cor, canetas, compassos ou réguas. Antes de comprar, dê uma vista de olhos no material escolar que tem em casa e selecione o que está em bom estado e pode voltar a ser usado no novo ano letivo. Por vezes, basta passar um pano com álcool e, voilà, os materiais ficam como novos.

Compre os objetos mais caros em segunda mão

Objetos como calculadoras, livros ou até mochilas, representam uma grande fatia no orçamento escolar. Faça uma breve pesquisa na internet e, se encontrar estes materiais em bom estado, opte por comprá-los em segunda mão. Também há coisas pode pedir emprestadas a familiares ou amigos.

Consulte as plataformas online de vendas de artigos em segunda mão. Além das tradicionais, já existem outras dedicadas a materiais sustentáveis. Na Book in Loop encontra materiais em segunda mão, como calculadoras gráficas ou manuais usados, o que lhe permite poupar algum dinheiro.

Não se esqueça de que, além de comprar, também pode vender e dar uma nova vida aos objetos que já não vão ser usados.

Coloque etiquetas em tudo

É inevitável que ao longo do ano os seus filhos vão perdendo borrachas, tesouras, canetas ou outros materiais. Ao colocar etiquetas em tudo, mesmo que o material se perca, é mais fácil reconhecê-lo e evita ter de voltar a comprá-lo. Aproveite e coloque também o nome na roupa e no calçado das crianças, para que as peças possam ser facilmente identificáveis.

No caso de manuais escolares adquiridos de forma gratuita, opte por etiquetas que possam ser removidas facilmente. 

Compre itens básicos e personalize-os

Quanto mais simples for o material, mais barato é. Opte por cadernos, estojos e mochilas básicos e de uma só cor e incentive o seu filho a personalizá-los ao seu gosto. Além de poupar alguns euros, está a estimular a originalidade e criatividade da criança, para não falar de que não haverá outros objetos iguais na escola.

Deixe as crianças em casa quando for às compras

É normal que o entusiasmo das crianças com o início do ano letivo as leve a pedir tudo e mais alguma coisa. E se estiverem numa loja onde a oferta é grande, a escolha torna-se difícil e vão querer levar tudo para casa. Evite comprar coisas em demasia e sonde a criança em casa para perceber os seus gostos e preferências. Quando for comprar o material escolar, vá sozinho, para não ter a pressão dos miúdos. E dentro daquilo que foi pedido, compre apenas o imprescindível.

Compre online

Grande parte das editoras, livrarias e outras superfícies disponibilizam manuais e outro material escolar com desconto nas suas plataformas online. Usufrua das promoções.

Estabeleça um plafond

Antes de se aventurar nas compras, defina um limite no orçamento. Peça ajuda às crianças e, em conjunto, estabeleçam o que pode ser reutilizado e o que tem de ser novo. Sempre que possível, opte por marcas com uma boa relação qualidade-preço, o que lhe permite poupar uns bons euros. É importante que a criança perceba que é necessário fazer escolhas e que a aquisição de material escolar está limitada ao montante pré-definido.

Opte por manuais escolares gratuitos

Obter manuais escolares gratuitamente pode representar uma poupança significativa no orçamento. Para isso, se ainda não o fez, basta registar-se na plataforma online MEGA e levantar os manuais escolares sem custos, através dos vouchers que são disponibilizados no site.

Cadernos de atividades e outros materiais pedagógicos não entram nesta campanha e terão de ser adquiridos à parte. No entanto, a distribuição gratuita dos manuais já é uma grande ajuda para muitas famílias.

Tenha em atenção que, à exceção do 1º ciclo, os livros têm de ser devolvidos em bom estado no final de cada ano letivo, para que possam voltar a ser reutilizados. Ao longo de todo o ano, incentive as crianças a estimar os manuais e materiais escolares. Boas práticas de consciencialização ambiental traduzem-se em poupança de dinheiro, além de contribuírem para ensinar os seus filhos, desde pequenos, a respeitar e a preservar o planeta.