Poupar

Calendário do Advento: dicas de poupança diárias

7 min

O Natal está quase à porta. Neste mês de dezembro, o Contas Connosco tem um miminho para si. Oferecemos-lhe um calendário do advento, pronto a imprimir, com uma dica diária para conseguir poupar.

Começa hoje o seu desafio de poupar e acreditar que, como diz o velho ditado, é grão a grão que a galinha enche o papo. Daqui até ao Natal, convidamo-lo a poupar a cada dia do calendário, com uma dica concreta. Apenas uma dica por dia, para ir transformando em hábitos na sua vida. A poupança é garantida. Se quiser ter uma ideia de quanto poupará ao todo, tome nota dos euros poupados com cada gesto diário. Some tudo e surpreenda-se.

Para ser mais simples e não cair no esquecimento, convidamo-lo a imprimir este calendário. Guarde o documento no seu computador. Imprima e cole-o no frigorífico ou deixe-o à vista na secretária.

https://shre.ink/1Gc6

Desafiamo-lo ainda a ir mais longe e a levar consigo estas dicas para o novo ano. 2023 vai ser um ano difícil para a maioria dos portugueses. Entrar em janeiro com objetivos de poupança e alguns truques eficazes para evitar gastar tanto é o primeiro passo para uma vida financeira mais estável.

Para ajudá-lo a poupar, deixamos aqui mais informação sobre cada uma das dicas. Resta-nos desejar-lhe um dezembro poupadinho e feliz.

Dia 1. Reúna várias receitas económicas

Planificar as refeições é a forma mais eficaz de poupar, até porque evita várias idas ao supermercado e desperdício alimentar. Reúna uma série de receitas económicas e de ideias para aproveitar sobras. Vai sobrar-lhe mais tempo, terá menos dores de cabeça a pensar no que fazer e ainda consegue poupar uns bons euros ao fim do mês.

Dia 2. Tome menos um café por dia

Para quem toma apenas um café por dia, talvez esta dica não faça tanto sentido. Mas para os muitos que não dispensam os três ou quatro cafés diários, este é um desafio que se traduz em poupança direta. Se eliminar um café, vai poupar a sua saúde e, sobretudo, a sua carteira. Esta dica é duplamente importante se tomar os cafés fora de casa.

Dia 3. Escolha marcas brancas

Quando for às compras, não tenha receio e opte pelas chamadas marcas brancas. Grande parte dos produtos são fabricados no mesmo local do que os produtos de marcas conhecidas e são exatamente o mesmo, com exceção da embalagem. A diferença de preços costuma ser abismal.

Dia 4. Junte a família e façam os presentes deste Natal

Os presentes de Natal DIY (Do It Yourself) são a melhor opção para quem não quer ou não pode gastar muito dinheiro neste Natal. Quem recebe vai apreciar o facto de ter investido o seu tempo e a sua dedicação a fazer aquele presente. Algumas ideias que pode por em prática (e ver online como executar, caso tenha dúvidas) são: plantas suculentas em vasinhos; potes de vidro personalizados; sabonetes artesanais; bombons caseiros; porta-cartões em feltro; luminárias criativas.

Dia 5. Deixe o carro em casa

Pelo menos um dia por semana, deixe o carro em casa e peça uma boleia para o trabalho. Ou então habitue-se a deixar o carro longe e a caminhar (o que só lhe faz bem!), para evitar pagar parquímetros. Ao fim do mês, poupa uma boa quantia.

Dia 6. Cancele uma despesa mensal dispensável

Pense bem… Não haverá por aí uma assinatura sem a qual passaria bem? Precisa mesmo de pagar três plataformas de streaming? E de pagar o armazenamento em diferentes nuvens? E de continuar a pagar o ginásio no qual não põe os pés durante meses a fio? Pense e encontrará a resposta.

Dia 7. Comece hoje a juntar dinheiro num mealheiro

Esta dica é válida para si, para as crianças ou para toda a família. Habitue-se a por todos os dias umas moedinhas (não menos de um euro) no mealheiro e estabeleça um destino para o dinheiro. Se tiver um objetivo, será mais fácil poupar. Por exemplo, combine com a família que, quando o mealheiro estiver cheio, vão fazer uma viagem.

Dia 8. Faça em casa uma mini horta

Hoje precisamos de duas folhas de salsa. Amanhã, de dois ou três pés de coentros. E no dia seguinte, de uma folhinha de hortelã. É, ou não, verdade que costuma comprar um molho de ervas, usa um pouco e o resto acaba no lixo? Se tiver pelo menos as ervas aromáticas que usa em vasinhos na sua cozinha, poupa dinheiro e tempo. Faça uma mini horta e tenha os seus temperos preferidos sempre frescos e à mão.

Dia 9. Desafie a família a tomar duches mais rápidos

Esta dica é para si e para a família. Desafiem-se a encurtar os dez minutos que cada um passa, em média, no duche. Se cada um demorar menos cinco minutos, isso representa uma poupança significativa ao fim do mês, em água e em energia (para aquecer a água), para não falar da questão ambiental. O planeta e as suas finanças agradecem.

Dia 10. Reavalie o seu seguro automóvel

Há quantos anos tem o mesmo seguro automóvel? À medida que os anos passam, os carros passam a valer menos, logo, o valor do seguro deveria baixar. Mas não é o que acontece, a menos que tome a iniciativa de renegociar o prémio com a sua seguradora. Além disso, se o carro já tem uns bons anos, pondere passar o seguro contra todos os riscos para o seguro contra terceiros. Passará a pagar por ele menos de metade.

Dia 11. Planeie já as próximas férias

Planear as férias e reservá-las com antecedência representa uma poupança que pode ir até aos 50%. Se tiver flexibilidade, procure as datas mais baratas para o destino para o qual quer viajar e faça a reserva.

Dia 12. Recicle roupas que já não usa

Se tem o armário cheio de roupas que já não usa, hoje é dia de lhes dar um destino. Tem várias hipóteses: ou as entrega a uma entidade local de ajuda a pessoas carenciadas, ou as coloca num contentor de reciclagem de roupa, ou vende as peças online ou, por último, caso tenha jeito para a costura, pega numa linha e numa agulha e dás-lhe uma nova vida.

Dia 13. Venda online as tralhas que estão a mais

Não continue a acumular velhos móveis, cadeiras, malas de viagem, acessórios de bebé e outros objetos que já não lhe são úteis. Mais vale colocá-los à venda. Se quer mesmo desfazer-se deles, só tem de colocar o preço abaixo dos valores médios que costumam pedir para artigos desse género em segunda mão.

Dia 14. Combine o jantar de Natal de amigos em casa

Este ano, esqueça as jantaradas naquele restaurante giro, mas muito caro. Sugira aos seus amigos reunirem-se numa das vossas casas para fazerem o tradicional jantar de Natal. Assim, cada um pode levar algo para comer ou beber. Não vão gastar quase nada e os bons momentos serão garantidos, sobretudo se levarem jogos de tabuleiro.

Dia 15. Baixe uma app para gerir melhor as finanças pessoais

Existem inúmeras aplicações que são uma enorme ajuda em matéria de poupança. Apontar tudo aquilo em que gasta dinheiro é a melhor forma de ter noção para onde é que os seus euros estão a ir. Irá constatar que está a despender demasiado em gastos superficiais e será mais fácil cortar a partir daí.  

Dia 16. Compare os preços online

Precisa de uma máquina de café? Ou procura aquele brinquedo para o seu filho? Poupe em combustível e parques e comece por procurar na internet. Encontrará diferentes preços para o mesmo artigo. Além disso, existem comparadores como o KuantoKusta, que lhe simplificam a vida. É só ver a loja onde aquilo que procura está à venda por um valor menor, encomendar e optar por levantar num ponto de entrega, caso a entrega em casa tenha custos adicionais.

Dia 17. Passe o dia inteiro sem gastar nem 1€

Comece por fazer isto apenas hoje. No mês que vem, faça-o uma vez por semana. Passar um dia sem gastar nada não é impossível. Basta planear. Uma boleia para o trabalho, levar a marmita para o almoço, mais alguns snacks para o meio da tarde e não passar horas a ver lojas online.

Dia 18. Reavalie o seu pacote de telecomunicações

Talvez não precise de continuar a pagar um pacote extra de dados todos os meses, se lhe sobram dados ao fim do mês. Talvez também não precise de continuar a assinar aquele canal de desporto que custa mais de 20 euros mensais. Comece por ver se já passou o período de fidelização do seu contrato e sinta-se à vontade para pedir simulações a outras operadoras de telecomunicações e escolher a que for mais vantajosa para si.

Dia 19. Desligue os equipamentos no botão

Se deixar os seus equipamentos eletrónicos em standby, estará a gastar dinheiro. Uns cêntimos aqui, outros cêntimos ali. Deixar os seus aparelhos com luz vermelha acesa implica que eles continuem a consumir energia, contribuindo para o aumento da fatura no fim do mês. Para poupar, carregue no botão dos equipamentos e desligue-os efetivamente.

Dia 20. No carro, use o ar condicionado com moderação

Não é novidade que o ar condicionado faz aumentar o consumo das viaturas. Então, habitue-se a usá-lo de forma moderada. Se não está assim tanto frio ou tanto calor, desligue o botão do AC, abra o vidro ou ligue a chauffage e poupe em combustível ou bateria, no caso de carros elétricos.

Dia 21. Troque as lâmpadas antigas

A iluminação da casa representa cerca de 10% dos gastos em eletricidade. Se ainda não o fez, substitua as suas antigas lâmpadas por lâmpadas LED. Não espere que as lâmpadas antigas se fundam para fazer a troca, porque está a perder dinheiro. A lâmpada LED é a melhor das opções disponíveis no mercado. Apesar de ser ligeiramente mais cara, o investimento vale a pena, uma vez que dura muito tempo e que permite poupar até 80% da energia consumida.

Dia 22. Reutilize a água de cozer os legumes

Deitar fora a água que utilizou para cozer legumes representa desperdício, tanto de água, como de nutrientes, já que boa parte dos nutrientes ficam na água do cozimento. A dica que lhe deixamos passa por reaproveitar essa água para cozinhar outros alimentos. Por exemplo, para cozinhar arroz ou feijão ou para fazer sopas.

Dia 23. Poupe no embrulho dos presentes

Há dezenas de formas criativas de embrulhar os presentes sem ter de gastar em sacos e saquinhos e em rolos de papel natalícios que a maioria das pessoas rasga na altura de abrir os presentes sem sequer prestar atenção. Reutilize jornais e revistas, folhas com desenhos feitos pelos seus filhos, retalhos de tecidos ou outros materiais que seguramente tem em casa. Dê uma volta aos armários e às gavetas e vai descobrir muitas formas sustentáveis de embrulhar os presentes neste Natal.   

Dia 24. Defina metas de poupança para 2023

É tão importante quanto saber onde está, como onde quer chegar. Definir objetivos e metas é fundamental para alcançar os seus objetivos. Para estabelecer as suas metas para o novo ano, é importante ser realista e começar por objetivos de curto prazo. Pondere renegociar dívidas, faça um orçamento mensal, decida no que vai cortar, defina hábitos de poupança que quer instituir e permaneça focado nos seus objetivos.