Poupar

Vai alugar carro para férias? Estes são os cuidados a ter

5 min
Casal coloca bagagens no carro antes de ir de férias, enquanto comenta que alugar um carro para as férias é uma ótima ideia.

Alugar um carro pode ser uma boa opção quando se vai de férias. No entanto, é preciso ter alguns cuidados.

Com o verão a chegar, com certeza já estará a fazer planos para as suas férias. Quer aposte numa viagem em família, sozinho ou a dois, para fora do país ou em Portugal, alugar um carro pode ser uma opção interessante para os  dias de descanso.

Se está a considerar esta possibilidade, existem várias empresas no mercado.  Analise todos os detalhes antes da decisão final, tendo em conta aspetos como o serviço de rent-a-car que oferece melhores condições ou uma boa relação preço/qualidade. Além disso, deve ter alguns cuidados, antes e depois de alugar um carro. Fique a saber tudo o que precisa para fazer uma boa escolha.

Vantagens de alugar um carro nas férias

Alugar um carro pode ser uma grande vantagem durante os dias de férias. Pode ser uma boa opção para famílias numerosas, facilitando as deslocações de toda a gente, mas também para quem quer percorrer um país de lés a lés à procura de aventuras.

Além disso, o carro oferece maior liberdade, fazendo com que não seja preciso preocupar-se com transportes públicos. Outra grande vantagem é a poupança: alugar um carro permite que fique hospedado em hotéis mais afastados do centro que são, à partida, mais baratos.

O que é preciso para alugar um carro?

Qualquer que seja o país, irá precisar de um documento de identificação (passaporte ou, no caso da União Europeia, cartão de cidadão) e da carta de condução para alugar um carro. Nalguns países poderá precisar, ainda, de uma Licença Internacional de Condução, que pode ser pedida no IMT por 30 euros.

Cuidados a ter ao alugar um carro

Ter um carro ao seu dispor 24 horas por dia durante as férias pode ser uma grande mais-valia. No entanto, deve estar atento a alguns aspetos antes de alugar um automóvel.

Pesquise as empresas de rent-a-car

Dos pequenos negócios locais às grandes operadoras, existem centenas de empresas de rent-a-car no mercado. Para não ser apanhado de surpresa, pesquise as várias opções. Veja as condições que oferecem e os documentos que exigem e, sobretudo, esteja atento às informações “em letras pequeninas” e às cláusulas que não aparecem nos sites.

De acordo com a DECO, um site fiável de rent-a-car deve indicar, logo à partida, informações como os seguros incluídos, dados dos veículos, horário e local para levantamento e entrega do carro, taxas para os extras e um link para o livro de reclamações eletrónico.

Compare os preços

Para conseguir o melhor preço possível, deve, primeiro, comparar ofertas. Não se esqueça que, até dentro da mesma empresa, os preços podem variar. Quanto mais próximo estiver da data do aluguer, mais caro será o serviço. Por isso, tente reservar com a máxima antecedência. Além disso, na época alta ou em alturas festivas, os preços também tendem a aumentar.

Esteja, também, atento às empresas que cobram mais por extras como o GPS. E, de forma a acautelar um possível cancelamento ou alterações nos seus planos de viagem, tente sempre escolher as opções com cancelamento gratuito.

Leia mais  Poupar ou investir, qual a melhor opção?

Analise o contrato de aluguer

Antes de assinar o contrato de aluguer, deve analisar bem todas as cláusulas. Há empresas que, por exemplo, impõem restrições a quem pode conduzir o carro: podem limitar a condução à pessoa que celebrou o contrato e ao cônjuge, podem exigir a identificação de todos os condutores ou, até, cobrar uma taxa por cada condutor extra.

Certos operadores de rent-a-car também podem impor limites de idade e não permitir a condução a menores de 21 anos ou maiores de 70 anos, por exemplo, ou até cobrar valores diferentes para pessoas nestas faixas etárias. Também podem exigir que o condutor tenha carta de condução há um determinado número de anos.

Antes de celebrar o contrato, deve informar-se sobre os seguintes aspetos:

  • Caução;
  • Condições de cancelamento;
  • Como atuar e quem deve contactar em caso de avaria ou de algum acidente que não seja da sua responsabilidade;
  • Abastecimento. Confirme se tem de devolver o carro com o depósito cheio;
  • Excesso de carga. Por norma, assentos elevatórios ou cadeiras de bebé têm um custo extra.

Analise as coberturas do seguro

Quando aluga um carro, o automóvel tem obrigatoriamente de estar coberto por um seguro de responsabilidade civil, contratado pela empresa, e o prémio está incluído no preço base.

Além deste seguro, verifique que outras coberturas poderão estar incluídas. Para garantir que está protegido contra qualquer eventualidade, poderá compensar contratar um seguro mais completo, que cubra danos provocados pelo condutor, roubo, furto, atos de vandalismo e fenómenos da natureza.

Tenha em atenção, também, a franquia. Este é o valor que fica a seu cargo pagar. Há seguros que podem, à primeira vista, ser baratos, mas que têm uma franquia bastante elevada.

Verifique o estado do automóvel

Confirme se o modelo que contratou está disponível. Caso contrário, a empresa é obrigada a disponibilizar-lhe um carro da mesma gama ou superior, sem custos adicionais.

Antes de sair com o carro da empresa de rent-a-car é importante que verifique o estado do automóvel. Veja o interior, o exterior, as luzes e os pneus e, se houver algum dano visível, peça para que fique registado.

O que fazer em caso de acidente

Antes de levar o carro, anote todos os contactos disponíveis da empresa de que poderá precisar. Além disso, o serviço de rent-a-car deve disponibilizar assistência gratuita 24 horas. Se tiver necessidade, também pode recorrer às autoridades locais.

Verifique o carro antes de o entregar

Combine as condições de devolução do carro antes de assinar o contrato. Há empresas que permitem levantar o automóvel num ponto e devolvê-lo noutro, por exemplo. Além disso, verifique também se existe alguma taxa a ser cobrada para o caso de se atrasar a entregar o carro.

Antes de devolver o automóvel, verifique se está em perfeitas condições. Inspecione-o e, se quiser, tire fotografias ou faça um vídeo para comprovar o estado do veículo. Peça sempre uma declaração em como entregou o carro e este não tinha qualquer problema.

Seja porque é mais cómodo, ou porque gosta de explorar cada recanto do sítio onde passa férias, alugar um carro pode ser uma boa opção. Mas, antes de o fazer, acautele-se contra imprevistos.

O que achou?