Crédito

Vai comprar casa em 2019? 3 conselhos a ter em conta

3 min
comprar casa em 2019

Comprar casa é um dos passos mais importantes que se pode dar. Impacta na vida familiar e financeira do presente e do futuro. Uma previsão, uma pesquisa rápida ou um simulador não lhe dizem tudo o que precisa de saber. Estes são apenas três conselhos que podem ajudar a uma procura que deverá incluir visitas aos bancos, falar com especialistas, comparar bem as propostas e decidir com ponderação e responsabilidade.

1. Negócio bom e barato?

Quem acompanha o mercado imobiliário prevê que a procura se mantenha mais alta do que a oferta, o que significa – regra geral – preços elevados, mas estáveis, ou seja sem fortes aumentos face a 2018.
Nesta conjuntura, é mais difícil encontrar um negócio ótimo, mas não é impossível.
Os especialistas aconselham a criar alertas e a acompanhar diariamente os principais sites de venda de imóveis.
Esteja atento a casos em que os proprietários têm urgência na venda, mas note que o segredo para agarrar estes negócios está em ter liquidez disponível e imediata, porque um crédito habitação leva o seu tempo.

2. O melhor crédito habitação?

Quem não tem capital próprio, tem de recorrer ao banco para pedir um empréstimo e em 2019 as regras estão mais apertadas.
Vá a vários bancos e peça propostas equivalentes: o mesmo montante, prazo, modalidade de reembolso.
De acordo com o Banco de Portugal, a TAEG é a taxa que deve usar para comparar as propostas. Este é o indicador que inclui todos os encargos que o cliente terá com o crédito, ou seja, os custos totais do empréstimo. A que apresentar a TAEG mais baixa, é a melhor proposta para o cliente.

3. Casas dos bancos, crédito (quase) garantido

Sabia que além das casas de particulares e imobiliárias, a sua futura casa pode estar também no banco?
Os bancos têm imóveis para venda – que lhes chegaram à posse por penhoras ou recuperações de crédito de outros clientes – e que têm condições que podem ser muito vantajosas. Spreads mais baixos, financiamento do crédito facilitado – e, em muitos casos, a 100% sobre a avaliação do imóvel – e valores abaixo dos praticados no mercado.
Considere esta hipótese, pois o negócio da sua vida pode estar aí, quer seja para habitação ou para recuperação e posterior venda.
Pode encontrar estes imóveis aos balcões dos bancos, nos sites da própria instituição financeira, nos sites especializados na venda de casas ou no Portal das Finanças.

Leia mais  Já conhece as novas medidas de apoio ao crédito habitação?