Seguros

Os seguros para cada fase da vida

4 min
seguros mais adequados a cada idade

Existem seguros mais adequados a cada idade ou fase da vida. Saiba quais são e domine este assunto, para fazer sempre as melhores escolhas e poder viver em maior segurança.

Todos temos momentos bons e menos bons, ao longo da vida, e os imprevistos fazem parte. Crescemos, estudamos, compramos casa, vemos a família crescer, trabalhamos, até ao ponto de começarmos a pensar na reforma. Para todas essas fases da vida, existem seguros que nos protegem e permitem que levemos a vida de uma forma mais tranquila. Sabe que seguros deve contratar em cada idade?

Seguro de saúde desde o nascimento

Em Portugal, os cuidados de saúde são assegurados em primeira linha pelo Serviço Nacional de Saúde. Um seguro de saúde funciona como uma segurança adicional.

A contratação deste produto representa um complemento ao SNS, que dá acesso a cuidados privados de saúde e que pode ser usado ao longo de toda a vida. Podemos ter um seguro de saúde desde que nascemos. No caso de recém-nascidos, a inclusão num seguro de saúde que tenha como pessoa segura, pelo menos, um dos pais, não tem período de carência. Para tal, deve ser efetuada até 30 dias após o nascimento e que não existam doenças pré-existentes ou malformações congénitas.

Seguro escolar para os filhos

Quando entram na escola, os mais pequenos devem ter um seguro escolar, que é obrigatório. Este seguro é gratuito para todos os alunos que frequentem a educação pré-escolar e a escolaridade obrigatória ou os alunos portadores de deficiência. Os restantes devem pagar, no ato da respetiva matrícula, o prémio do seguro escolar. O prémio é fixado em 1% do valor do salário mínimo nacional, arredondado, por defeito, ao cêntimo.

Seguro de responsabilidade familiar para miúdos e graúdos

Quem tem filhos deve ponderar uma solução que, não sendo obrigatória, é recomendável. O seguro de responsabilidade civil familiar garante indemnizações a terceiros, por danos causados pelos seus filhos e por si, sejam lesões corporais ou materiais.Isto salvaguarda os pais de gastos adicionais com prejuízos causados pelos mais novos. Se, por exemplo, a criança danifica algo inadvertidamente num supermercado ou parte um vidro a jogar à bola, o seguro ficará encarregue dessas despesas.

Seguro de acidentes de trabalho quando começamos a trabalhar

A partir do momento em que entramos no mercado de trabalho, existe o seguro de acidentes de trabalho, obrigatório para as empresas e para trabalhadores independentes. Este produto garante os cuidados médicos e hospitalares e as indemnizações por danos sofridos por um trabalhador em caso de acidente durante o horário de trabalho ou no trajeto de e para o local de trabalho.

Leia mais  Como criar um fundo de emergência?

Seguro automóvel para quem tem carro

Um automóvel não pode circular sem seguro. Por isso, quem conduz e tem um carro, terá de contratar um seguro automóvel, até porque a cobertura de responsabilidade civil automóvel é obrigatória. Este seguro protege a integridade física e patrimonial das vítimas de um acidente de viação que tenha sido causado pela nossa viatura. Em caso de acidente, a responsabilidade civil do causador do sinistro é transferida para a companhia de seguros, que assume os pagamentos relacionados com outros automóveis afetados.

Seguro de vida e seguro multirriscos na altura de comprar casa

Quando chega à altura de comprar casa, para pedir um crédito habitação, o banco irá exigir-lhe um seguro de vida e um seguro multirriscos.

Apesar de não ser obrigatório, o seguro de vida é, quase sempre, uma exigência dos bancos para a aprovação do empréstimo para a compra de casa. O seguro de vida cobre o risco de morte, ou seja, em caso de morte da pessoa segura, resultante de acidente ou doença durante a vigência do contrato, os beneficiários ou herdeiros legais recebem o valor do capital seguro. Também cobre, em muitos casos, a invalidez.

O seguro multirriscos oferece um conjunto de coberturas facultativas de danos no imóvel ou no seu recheio, podendo também incluir uma cobertura de responsabilidade civil. Além do seguro obrigatório, os proprietários de imóveis optam, muitas vezes, por contratar um seguro mais abrangente, que cubra outros riscos.

Outros seguros ao longo da vida

Ao longo da vida, vai cruzar-se com a possibilidade de adquirir outros seguros que lhe darão a possibilidade de levar uma vida mais tranquila. É o caso do seguro de proteção ao crédito, que garante que as prestações mensais do crédito serão pagas, mesmo em contextos difíceis (por exemplo, uma baixa médica), desde que previstos nas coberturas. Este seguro protege a instituição financeira de um eventual incumprimento por parte do devedor e, ao mesmo tempo, proporciona uma tranquilidade adicional ao consumidor.

Outro exemplo é o seguro de animais domésticos, destinado aos amigos de quatro patas. Neste campo, existem seguros de responsabilidade civil (contra danos a terceiros), seguros de saúde e outros seguros mais completos.

Estes são dois exemplos dos seguros mais comuns existentes no mercado, mas existem outros, como os seguros desportivos e os seguros de viagem.

De acordo com a idade, a profissão e o estilo de vida, o mais importante é estar protegido e informar-se de forma a poder escolher os produtos que melhor se adequam às suas necessidades e à sua vida.  

O que achou?