Poupar

O que deve saber sobre a inspeção automóvel

3 min
O que deve saber sobre a inspeção automóvel

A inspeção automóvel é uma obrigação para todos os que têm carro e serve para garantir que estão reunidas as condições para que o veículo circule em segurança. Recordamos os prazos para a inspeção automóvel e deixamos-lhe dicas para evitar despesas desnecessárias.

Além de ser uma obrigação legal, a inspeção automóvel é uma forma de garantir que todos os condutores podem circular em segurança, independentemente do tipo de veículo. Este procedimento deve ser realizado num dos Centros de Inspeção Técnica de Veículos (CITV) do país, dentro dos prazos estipulados.

Não deixe passar o prazo e relembre algumas dicas para que o seu automóvel passe com distinção. 

Qual o prazo para levar o carro à inspeção?

Os prazos para a inspeção obrigatória do seu automóvel dependem do tipo de veículo e variam com o passar dos anos, após o registo da primeira matrícula.

Se for um veículo ligeiro de passageiros, deve levar o carro à inspeção quatro anos depois da data da primeira matrícula. Depois disso, as inspeções acontecem de dois em dois anos, até completar oito anos. Após este período, deve levar o carro à inspeção todos os anos. A inspeção deve ser feita, no máximo, até ao dia que corresponde à data do registo da matrícula, mas pode antecipar-se e apresentar o automóvel durante os três meses que antecedem essa data.

Se deixar passar o prazo e mesmo assim continuar a circular na via pública, fica sujeito ao pagamento de uma multa, cujos valores podem variar entre os 250 e os 1250 euros. Independentemente do motivo pelo qual deixou passar o prazo, a data da inspeção no ano seguinte volta a coincidir com a data de registo da matrícula.

Se tiver dúvidas relativamente à data de inspeção de um automóvel devido à sua tipologia, pode sempre consultar a tabela com todas as informações, disponibilizada pela Associação Nacional de Centros de Inspeção Automóvel (ANCIA).

Leia mais  Porta 65: como funciona este apoio ao arrendamento

Aproxima-se a data da inspeção? Atenção a isto

Antes de levar o carro à inspeção, dê uma vista de olhos no seu veículo e certifique-se de que estão reunidas as condições de segurança e os equipamentos obrigatórios para que o carro não reprove. De forma a evitar despesas desnecessárias, há coisas que pode fazer:

  • Verifique as condições de conservação da carroçaria e dos interiores;
  • Certifique-se de que não existem perdas de fluídos;
  • Confirme se tem o triângulo de pré-sinalização homologado, assim como o colete retrorrefletor e verifique que estão ambos em funcionamento;
  • Veja se os limpa pára-brisas funcionam e que as escovas estão em bom estado;
  • Verifique se tem algum vidro partido;
  • Assegure-se de que as luzes de sinalização estão a funcionar (travagem, mudança de direção, perigo, nevoeiro, chapa de matrícula e marcha atrás) e de presença (médios e máximos);
  • Verifique o estado dos pneus (o relevo do piso deve ter, pelo menos, 1,6 mm);
  • Confirme se as matrículas não têm qualquer deformação;
  • Veja se a direção está alinhada;
  • Verifique se os espelhos retrovisores estão em boas condições (superfície refletora, fixação e regulação);
  • Assegure-se de que os cintos de segurança estão a funcionar corretamente.

Se detetar alguma anomalia, proceda às reparações necessárias antes de levar o carro à inspeção.

Para saber onde apresentar o seu carro à inspeção, pode consultar o site do IMT e perceber qual o centro de inspeção mais próximo de si.

Quanto custa a inspeção automóvel?

Atualmente, a inspeção obrigatória dos veículos ligeiros é de 27,80 euros. Se for uma reinspeção, terá de pagar 6,97 euros. E se precisar de pedir uma segunda via da ficha da inspeção, o custo é de 2,61 euros. A estes valores, ainda acresce o IVA.

Caso a reinspecção do automóvel seja feita fora do prazo estipulado, o valor a pagar é o mesmo que o de uma nova inspeção. 

O que achou deste artigo?