Poupar

Cuidado quando fizer compras pela Internet

5 min

Fazer compras online é uma prática cada vez mais comum. Mas esta modalidade acarreta riscos. Com o aumento das vendas através da internet, crescem também as burlas associadas a este tipo de atividade. Deixamos-lhe alguns cuidados a ter para que não se deixe enganar.

Comprar online tem muitas vantagens, mas pode trazer alguns problemas ao nível da segurança. Todo o cuidado é pouco para que consiga fazer as suas compras sem correr o risco de lhe roubarem os dados pessoais ou o número do cartão de crédito. Deixamos-lhe uma série de dicas adicionais, para que faça sempre compras seguras.

Evite as redes públicas de internet para fazer compras online

Independentemente do dispositivo que utilize para aceder à internet, é importante que se ligue sempre a uma rede segura. Evite os pontos de acesso de WI-FI públicos, como os dos centros comerciais ou transportes, e nunca faça pagamentos através destas redes, já que pode estar a dar acesso às suas contas bancárias e a permitir que possam controlar e invadir os seus dispositivos móveis, sem que se aperceba.

Certifique-se que os seus dispositivos estão munidos de um programa antivírus atualizado e que a firewall está ativada.

E sempre que não puder utilizar os dados móveis, aguarde até chegar a casa e utilize a sua rede privada para efetuar a compra em segurança. Siga a velha máxima: mais vale prevenir que remediar.

Garanta que o site é seguro e identificado

Se o site não é conhecido e não tem contactos, é motivo para ficar desconfiado.  Para tal, informe-se sobre a empresa que vende o produto e tente perceber se o site é fidedigno. É importante que tenha informações sobre a sua política de privacidade e de segurança.

Pode começar por procurar o nome da loja ou vendedor num motor de busca e verificar se o URL (endereço do site) corresponde ao que foi disponibilizado. Se tiver letras a mais ou a menos, ou pequenas variações no nome, desconfie.

Outra forma de se salvaguardar é verificar se o endereço da página começa com https://www e se tem o desenho de um cadeado. Se assim for, é porque dispõe de um certificado de segurança que garante que os dados enviados pelo seu computador até ao servidor da entidade são codificados, o que dificulta utilizações fraudulentas.

Use esta ferramenta para saber se um site é seguro

Utilize este verificador de navegação segura do Google. Vai ajudá-lo a encontrar sites inseguros e de malware que podem roubar seus dados privados e usá-los para phishing. Basta digitar um URL e pressionar o botão “verificar”.

Pesquise informação sobre a loja online

É importante que saiba quem está do outro lado, de forma a garantir que tem a quem se dirigir caso algo não corra bem. Opte por comprar em lojas conhecidas ou onde alguém que conheça já tenha comprado. Em alternativa, procure sites que tenham reviews positivos publicados pelos consumidores.

Cuidado com os encargos adicionais nas compras online

Em muitas lojas online, além do preço do produto, há despesas adicionais, como o IVA, taxas alfandegárias ou outros custos de envio. Tenha sempre isso em atenção, para não ter problemas com as entregas.

Por exemplo, numa compra efetuada dentro dos países membros da União Europeia, não são cobrados direitos alfandegários. Mas há países europeus extracomunitários, a partir dos quais os envios estão sujeitos a controlo aduaneiro.

Se se tratar de uma encomenda enviada de um país fora da União Europeia, como os EUA, a China ou o Canadá, pode ser necessário pagar, além do IVA, os direitos aduaneiros associados. E nesse caso, o barato pode sair caro.

Compare preços quando fizer compras pela internet

Quando vamos às compras, espreitamos duas ou três lojas. Nas compras online deve seguir o mesmo princípio. Faça uma pesquisa cuidadosa e exaustiva sobre as lojas que lhe pareçam interessantes e sobretudo fiáveis, para garantir que está a fazer uma boa compra.

Não se esqueça de comparar preços, já que muitas vezes o valor dos produtos pode variar consoante a plataforma que utiliza. Os sites comparadores de preços são uma ferramenta valiosa para monitorizar os valores que o mesmo produto por ter nas diferentes plataformas. Em Portugal, um dos mais utilizados é o Kuantokusta. Aqui pode comparar preços de uma grande variedade de produtos disponíveis (informática, gadgets, eletrodomésticos, entre outros) em mais de 500 lojas.

Duvide sempre de descontos e promoções que oferecem preços muito abaixo dos valores de mercado.

Esteja atento aos dados que lhe pedem nas compras online

Nunca faça pagamentos antes de se certificar que o site lhe pede apenas as informações necessárias para concluir a compra. O mais habitual é fazer compras online através do cartão de crédito, mas se puder evite fazê-lo, para não correr riscos de o clonarem ou utilizarem os seus dados indevidamente. Os métodos de pagamento mais seguros são através de transferência multibanco ou da entrega de produtos à cobrança, já que em ambos os casos não partilha os seus dados com ninguém. Através do envio à cobrança tem a vantagem de poder verificar se o que recebeu corresponde às suas expectativas.

Mas as opções não ficam por aqui. Hoje tem ao dispor diversas possibilidades de pagamento, como a utilização de um cartão virtual, como o MB Net, em que pode estipular um valor máximo para gastar; o pagamento através de MBWay ou Paypal; ou o pagamento através da app do seu banco. Através destas modalidades de pagamento, não partilha mais informações do que as estritamente necessárias.

Informe-se sobre a política de trocas e devoluções

Antes de avançar com o pagamento, leia com atenção a política de trocas e devoluções da loja e confirme quais os prazos para uma eventual devolução do artigo.

Ao comprar online, pode cancelar a compra no prazo de 14 dias e receber de volta o seu dinheiro, sem que precise de se justificar, uma vez que está abrangido pelo direito de livre resolução aplicável às compras à distância. No entanto, a loja pode cobrar-lhe os portes da devolução ou exigir que a encomenda seja conservada na embalagem original, para que possa ser trocada.

É igualmente importante ter em atenção que, mesmo ao abrigo do direito de arrependimento, há artigos que não podem ser devolvidos, como é o caso dos produtos personalizados.

Guarde sempre os comprovativos das compras pela internet

Ao contrário do que acontece nas lojas físicas, nas compras online não há talões ou recibos em papel. No entanto, pode sempre guardar os comprovativos da transação disponíveis no seu extrato bancário, para o caso de ter de devolver ou trocar o produto. Por norma, os e-mails de confirmação da encomenda vêm acompanhados de uma fatura eletrónica que aconselhamos a guardar até ter a certeza que o produto ou serviço corresponde às suas expectativas. E para sua segurança, arquive os e-mails ou mensagens que tenha trocado com o vendedor. Serão úteis de vier a ter algum problema com a sua compra.