Direitos e Deveres

Elétricos: dístico azul é obrigatório

2 min

À semelhança dos veículos a combustão, também os elétricos são obrigados a circular com um dístico específico. Fique a saber tudo o que precisa para poder circular ao volante de um carro elétrico.

Não é novidade que veículos elétricos, amigos do ambiente e da carteira, têm despertado o interesse e a procura de cada vez mais consumidores. O que talvez seja novidade, pelo menos para alguns condutores, é a obrigatoriedade de ter um dístico identificativo na viatura. Se conduz um carro elétrico, não deixe de ler isto.

Para que serve o dístico para carros elétricos?

O dístico azul é necessário para poder circular na via pública e estacionar em zonas destinadas exclusivamente a carros elétricos. Além disso, permite estacionar o veículo em zonas de carregamento e beneficiar de taxas reduzidas ou isenção de pagamento de estacionamento em vários municípios do país.

Onde deve ser colocado o dístico azul?

Deve ser colocado no canto inferior direito do para-brisas do automóvel. O dístico deve apresentar boas condições de conservação, pelo que deve ser colocado em material autocolante e resistente e de forma inamovível.

Qual o valor do dístico?

Se o pedir presencialmente num balcão do IMT, não tem qualquer custo associado. Mas se optar por fazer o pedido por correio, tem um custo de cinco euros, que pode ser liquidado através de referência multibanco ou por cheque. Neste caso, deve enviar toda a documentação necessária para a morada de um dos balcões do IMT e solicitar a emissão e envio do dístico para o endereço que consta no documento único automóvel (DUA) do veículo.

Quem pode pedir o dístico azul?

Pode ser pedido por qualquer pessoa que tenha um veículo com anotação “elétrico” ou “elec/gasoli” no certificado de matrícula ou no documento único automóvel (DUA).

Quais os documentos necessários?

Para pedir o dístico azul precisa de:

  • Preencher e assinar o formulário de requerimento modelo 13-IMT, disponível aqui;
  • Entregar uma fotocópia do certificado de matrícula ou do documento único automóvel (DUA) do veículo;
  • Apresentar o documento de identificação.

Atenção às multas

Se ainda não pediu o dístico azul, apresse-se. Todos os carros elétricos que não tenham este dístico e sejam carregados num posto de carregamento ou estacionados numa zona destinada a veículos elétricos e usufruam da taxa reduzida ou da isenção de pagamento, ficam sujeitos ao pagamento de multas. A lei prevê para esta coima valores entre os 60 e os 300 euros.