Dinheiro

Dicas para gerir melhor o seu dinheiro

4 min
Dicas para gerir melhor o seu dinheiro

Para poupar, investir ou alcançar qualquer objetivo financeiro, o primeiro passo é gerir bem o seu dinheiro. Partilhamos consigo alguns hábitos e dicas infalíveis, para que consiga colocar algum dinheiro de parte.

Muitas vezes, parece difícil concretizar a ideia de conseguir por de parte algum dinheiro, ao fim do mês. Mas no final deste artigo talvez mude de ideias. É (quase) sempre possível. A questão é que a poupança não acontece sozinha. Requer mudanças de comportamento e algo que é essencial: saber gerir o seu dinheiro. Uma boa gestão do orçamento mensal é o primeiro passo para constituir uma poupança sólida e conseguir atingir os seus objetivos financeiros. Damos-lhe algumas dicas para passar a gerir melhor o seu dinheiro.

Não gaste mais do que aquilo que ganha

Esta é uma dica base e deve vir antes de todas as outras. Pode parecer difícil, tendo em conta o panorama económico atual, mas se seguir esta dica, verá resultados a longo prazo.

Para começar, é essencial começar por analisar o orçamento familiar e perceber onde pode cortar ou reduzir despesas de forma realista.

Para fazer essa gestão, pode utilizar a fórmula 50/30/20, que não é mágica, mas dá resultados.

Não sabe como? Nós explicamos:

  • Utilize 50% do orçamento para cobrir despesas essenciais e fixas todos os meses (por exemplo, rendas, água, luz, telecomunicações ou prestações ao banco);
  • Guarde 30% (no máximo), para gastos não essenciais, como refeições fora, viagens ou compras;
  • Guarde, no mínimo, 20% do orçamento para poupanças ou investimentos financeiros. E se tiver dívidas, utilize esta percentagem para as liquidar.

Este último ponto pode gerar alguma discórdia. Há quem defenda a importância de constituir um fundo de emergência, que possa fazer face a imprevistos e consiga assegurar o pagamento de todas as suas despesas num período entre 3 e 6 meses. Mas as opiniões não são unânimes. Há também especialistas em finanças pessoais que consideram que este dinheiro pode ser antes investido num produto seguro que possa ser resgatado em caso de emergência.

Abata os seus créditos

Outra dica consciente passa por abater os créditos que tem contratados. Dê prioridade aos que têm taxas de juro mais elevadas, como os cartões de crédito ou os empréstimos pessoais. Além de conseguir uma boa poupança, vai sentir-se mais aliviado, uma vez que vai deixar de ter esse peso no orçamento mensal.

Pense bem onde invistir o seu dinheiro

Usar as suas poupanças para investir numa casa pode ser sempre uma opção interessante, porque irá estar a investir em algo que muito provavelmente irá valorizar. Ao contrário do que acontece quando investimos dinheiro numas férias ou quando compramos um carro ou um telemóvel.

Leia mais  Vai de férias? Saiba como alugar uma autocaravana

Comece a poupar para a reforma

Uma ideia que é sempre boa é poupar para a reforma. Proponha-se a reservar, por exemplo, 10% do seu orçamento mensal para um Plano Poupança Reforma. Começar já a planear a reforma é um bom investimento e uma garantia para o futuro. Além disso, agora tem a possibilidade de usar o dinheiro do PPR sem penalizações para pagar a prestação mensal do crédito habitação, se algo não correr bem. Quanto mais cedo começar a poupar, melhor.

Defina objetivos financeiros

Traçar metas e objetivos financeiros costuma resultar bem e pode ser uma forma mais desafiante e motivadora de poupar e juntar dinheiro.

Dê a si próprio um motivo pelo qual poupar e ganhar dinheiro. Fará com que, além de pensar no presente, pense também no futuro e consiga economizar nas despesas. Para ser bem-sucedido, é importante que defina prazos, sejam eles, curtos, médios ou longos.

Arranje um rendimento extra

Se não lhe sobra dinheiro no final do mês e considera difícil pôr em prática alguns destes hábitos, talvez seja uma boa ideia arranjar um rendimento extra. Não tenha medo de pôr as mãos na massa e encontre uma atividade que gosta de fazer e transforme-a numa forma de ganhar dinheiro. Pense nos seus hobbies e naquilo que gosta e tem jeito para fazer. Babysitting? Fazer bolos? Escrever ou desenhar? Fazer lacinhos e outros acessórios para crianças? De certeza que há alguma coisa que pode fazer para ganhar um dinheiro extra que faça a diferença no seu orçamento.

Poupe dinheiro no dia-a-dia

Para conseguir que sobre algum dinheiro ao fim do mês, faça ajustes ao orçamento mensal:

  • Faça mais refeições em casa;
  • Quando for ao supermercado, leve sempre uma lista de compras;
  • Vá de transportes públicos para o trabalho ou partilhe o carro com colegas;
  • Desligue os aparelhos na tomada quando não estão a ser utilizados e troque as lâmpadas normais pelas de baixo consumo;
  • Compare pacotes de telecomunicações e escolha o que se mais adequa às suas necessidades e ao seu orçamento;
  • Esteja atento aos descontos e procure cupões para usar nas compras;
  • Se for viajar, planeie e reserve com antecedência, para obter os melhores preços;
  • Pondere cancelar uma ou outra assinatura de plataformas de streaming;
  • Se vai ao ginásio uma vez por mês, cancele a mensalidade e passe a fazer exercício em casa ou ao ar livre.

Os comportamentos de poupança devem transformar-se em hábitos e passar a fazer parte do seu dia-a-dia. Relativamente aos cortes sugeridos nos seus gastos, faça contas e tome a melhor decisão. Mas nunca perca de vista a ideia de que é a consistência que dará frutos.

O que achou?